Pedofilia: ex-BBB é preso durante operação da Polícia

dtq-laercio-Divulgação-Rede-GloboO ex-BBB Laércio de Moura foi preso durante uma operação do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) na manhã desta segunda-feira (16), na casa dele, em Curitiba (PR).

Segundo a Polícia Civil, ele é suspeito de praticar o crime de estupro de vulnerável e de fornecer bebidas alcoólicas para menores de idade.

De acordo com a delegada-adjunta do Nucria, Patrícia Conceição Nobre Paz, ele estava sendo investigado desde que estava no programa, há cerca de três meses.

A Polícia Civil informou que localizou uma das vítimas do crime. Ela entregou aos policiais um print com várias mensagens de celular enviadas por Laércio. A investigação foi solicitada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Durante o cumprimento do mandado de busca, os policiais apreenderam um celular e outros aparelhos eletrônicos na casa dele. O material será encaminhado para perícia.

O porta ‘G1′ tenta contato com a defesa do ex-BBB.

Polêmica antiga

No início desta ano, Laércio esteve no programa  ‘Mais Você’ da Rede Globo, após ter sido eliminado do Big Brother Brasil. Na época, o designer de tatuagem tinha sido acusado acusado de pedofilia por outra participante do reality. A abordagem e o posicionamento dos apresentadores em relação ao tema causaram revolta na internet, por defender a postura de Laércio.

Na mesma ocasião, a advogada Silvana Góes, convidada pelo ‘Mais Você’ para falar sobre o assunto, afirmou que “pedofilia em si não é crime” e que a situação só configura crime quando há prática de atividade sexual com menores de 14 anos.

 

Fonte: G1